Geografías emocionales (2): Sao Paulo, vida entre ríos invisibles (visto en Projeto Clima, que se está convirtiendo en otra pieza imprescindible de las geografías emocionales de esta ciudad).

Casi todas las ciudades tienen ríos; estos ríos configuraron sus infraestructuras y de este modo su vida, y en la inmensa mayoría de los casos los ríos fueron enterrados tratando de olvidar un pasado que aflora una y otra vez, a veces sutilmente, a veces de modo violento.

Entre Ríos conta de modo rápido a história de São Paulo e como essa está totalmente ligada com seus rios. Muitas vezes no dia-a-dia frenético de quem vive São Paulo eles passam desapercebidos e só se mostram quando chove e a cidade pára. Mas não sinta vergonha se você não sabe onde encontram esses rios! Não é sua culpa! Alguns foram escondidos de nossa vista e outros vemos só de passagem, mas quando o transito pára nas marginais podemos apreciar seu fedor. É triste mas a cidade está viva e ainda pode mudar!

O video foi realizado em 2009 como trabalho de conclusão de Caio Silva Ferraz, Luana de Abreu e Joana Scarpelini no curso em Bacharelado em Audiovisual no SENAC-SP, mas contou com a colaboração de várias pessoas que temos muito a agradecer.

Comentarios del blog proporcionados por Disqus